terça-feira, 30 de setembro de 2008

NA TV PIRATINI RS O CIRCO DO CARÉQUINHA



























JUIZ DE FORA - 6/4/2006 - 11:55Casa do Pequeno Artista da AMAC presta homenagem ao prefeito Alberto BejaniNa manhã desta quinta-feira, dia 6, o prefeito Alberto Bejani foi surpreendido por uma manifestação de solidariedade pelo falecimento do Palhaço Carequinha, prestada por professores e alunos da Casa do Pequeno Artista da AMAC. Com canções que marcaram a trajetória do circense e apresentação de um poema do escritor português Fernando Pessoa, os artistas emocionaram o prefeito e a primeira dama e superintendente da AMAC, Vanessa Loçasso.“O espírito do Carequinha vai continuar vivo. Por mais que o tempo passe, não vamos esquecê-lo”, sintetizou o prefeito, sobrinho do Palhaço Carequinha . O instrutor de teatro da Casa do Pequeno Artista, Marcos Bavuso, c onsidera Carequinha um grande gênio dos palhaços: “Ele surgiu numa época em havia grandes palhaços e venceu o desafio de criar uma nova linguagem que encantou várias gerações.”George Savalla Gomes, o Palhaço Carequinha, morreu aos 90 anos na última quarta-feira, em sua casa, em São Gonçalo, no Rio. Consternado com a morte, o prefeito Alberto Bejani declarou luto oficial de três dias pela morte do artista.CarequinhaGeorge Savalla Gomes nasceu no dia 18 de julho de 1915, em Rio Bonito (RJ). Sua mãe, Elisa Savalla, e o pai, Lázaro Gomes, eram trapezistas. Ela estava em cena no placo quando sentiu as dores do parto. Carequinha nasceu no Circo Peruano, que era de propriedade de seu avô, José Rosa Savalla. O pai morreu dois anos depois e foi o seu padrasto, Ozório Portilho, que o levou ao picadeiro pela primeira vez quando tinha cinco anos. Ali mesmo colocou uma peruca de careca no menino e lhe deu o nome artístico de Palhaço Carequinha.Carequinha cresceu nos picadeiros, mas levou seus shows para muito além deles. Representou o Brasil quatro vezes no exterior. Venceu o concurso na Itália de palhaço mais moderno do mundo, representando o Brasil no 1º Festival Internacional de Clowns. Na televisão, Carequinha também foi pioneiro, sendo o primeiro palhaço a ter um programa na TV Tupi, em 1951. O Circo Bombril ficou no ar por 16 anos. Nos anos 80, foi apresentador de um programa infantil na TV Manchete. Carequinha gravou 26 discos e suas músicas tornaram-se muito populares. Seus maiores sucessos foram "O bom menino", "A marcha do carrapato" e "Parabéns parabéns". Fez também sucesso com tradicionais canções de roda, como "Escravos de Jó", "Ciranda cirandinha", "Carneirinho carneirão" e "O cravo brigou com a rosa".*Outras informações com a Assessoria de Comunicação da AMAC, pelos telefones 3690-7967/7979.PREFEITO


*************************************************






na década de 60,quando o circo do caréquinha,estava instalado no Zoológico da
cidade de Sapucaia,no Rio Grande do Sul.Eu tinha5 ou 6 anos,e minha
irmã,Elonira;me levou lá para conheçer o palhaço,que éra,tão,ou mais famoso doque
a xuxa hoje.la no circo, passeamos pelo circo,eo Palhaço caréquinha
converçava com a jente.....foi muito bacana,o Palhaço Caréquinha,me carregava no
cólo pelo picadeiro do circo,me disendo:...o bom menino,não faz pipi na
cama...minha irmã,estava junto tinha uns 15 ou 16 anos।Eu conheci o grande artista,o grande Palhaço Caréquinha,assim como muitas outras crianças pelo Brasil।Nós assistia-mos seu programa pela Tv Piratini Canal 5.carrego estas lembranças comigo ,com alegria.radialista Jota Pedroso



































video

PORTO ALEGRE VISTA DO MORRO SANTA TEREZA

A
PORTO
ALEGRE
VISTA
DA
FRENTE
DA
TV
PIRATINI

REDE TUPI EM PORTO ALEGRE TV PIRATINI CANAL 5 , SEUS ANTIGOS PATROCINADORES

VINHOS
CABEÇA
TOURO
ATMA
KISUCO
GRAPETE
MINUANO
LIMÃO
TELEVISORES
CARAVELLE









A PRIMEIRA SÉRIE BRASILEIRA NO CANAL 5 TV PIRATINI "O Vigilante Rodoviário"

"O Vigilante Rodoviário": série brasileira na TV Tupi(EM PORTO ALEGRE ,RS : TV PIRATINI CANAL 5), Canal 4 REDE TUPI que fez tremendo sucesso por volta de 1963, junto às crianças. O herói era sempre acompanhado por um cão pastor alemão amestrado, chamado Lobo (vide foto), que o ajudava na caça aos bandidos.
Carlos Miranda, o Vigilante, visita em pessoa um emocionado Gamito, seu fãn desde pequenino. Carlos está vivo até hoje e aposentou-se realmente na Polícia Rodoviária de São Paulo. Esta o admitiu em seu quadro como Relações Públicas e o carismático artista passou a divulgar a imagem da Polícia Rodoviária e dar palestras sobre trânsito nas escolas e em todos os lugares onde era chamado.

TV PIRATINI CANAL 5 PROGRAMA AGARRE O QUE PUDER década 60

NA
EXTINTA
TV
PIRATINI
PROGRAMA

AGARRE
O
QUE

PUDER










Por Jota Pedroso








( década60 Eu estava entre estes)




AQUI


MUITAS


CRIANÇAS

GANHARAM

OS

SEUS

PRIMEIROS


BRINQUEDOS


DE
PLASTICO

segunda-feira, 29 de setembro de 2008

TV PIRATINI REDE TUPI


ASSIM MATARAM A REDE TUPI

FIM ...
EO CAMERA CHOROU...



Jornal/Revista: Jornal do Brasil
Data de Publicação: 19/7/1980
Autor/Repórter:

DENTEL LACRA 7 EMISSORAS DE TVS ASSOCIADAS
Brasília - Ontem às 8h30m, o diretor-geral do Departamento Nacional de Telecomunicações - Dentel, Coronel Antônio Fernandes Neiva, ao receber o Diário Oficial da União que publicou os atos do Presidente da República, considerando peremptas - não renováveis - as concessões de sete emissoras de televisão do Grupo Associado, expediu, via telex, ordem para os diretores regionais do órgão, onde se localizam essas televisões, para interromper imediatamente as transmissões e, conseqüentemente, o lacre de seus transmissores.No começo da tarde, todas as sete emissoras estavam com seus transmissores lacrados. A TV Tupi, do Rio de Janeiro, foi última emissora, a ser lacrada, às 12h33m e TV Marajoara, de Belém, a primeira, às 9h20m. O diretor-geral do Dentel informou que durante o processo do lacre não louve qualquer incidente, apesar do clima de emoção que a medida provocou. Disse que recomendou ao pessoal encarregado de executar essa missão que evitasse qualquer tipo de confronto, que usassem de máxima cautela e de urbanidade para evitar qualquer choque com os funcionários.SÃO PAULO: A GREVESão Paulo - Os transmissores da TV Tupi, canal 4 de São Paulo, foram lacrados ontem de manhã, pelo Dentel, cumprindo decreto assinado pelo Presidente Figueiredo e formalizando o fim de emissora que foi a pioneira no Brasil e durou 30 anos. "Joguei flores quando foi inaugurada. Agora, jogo a pá de cal" disse o diretor da S.A. Rádio Tupã, Sr Mauro Gonçalves.Ele recebeu das mãos do agente fiscalizador do Dentel, Sr Carlos Alberto Almeida Campos, três cristais, peças fundamentais dos transmissores, e assinou termo de interrupção. Cerca de 40 funcionários assistiram ao ato de lacração, no 10º andar do prédio do Sumaré; alguns procuravam os cantos para esconder lágrimas.O superintendente administrativo, Sr Wilson considerou o desfecho da TV Tupi "natural pelo comportamento da direção da empresa, mas extremamente chocante para quem foi dela funcionário".A LACRAÇÃO - O ato de lacração foi rápido e, após a retirada dos cristais, agentes do Dentel, funcionários e diretores da TV Tupi reuniram-se no 9º andar, para assinatura do termo de interrupção, em papel timbrado do Dentel - a diretoria regional de São Paulo, que levou o número 1/80. O documento diz que os transmissores não poderão ser deslacrados a não ser por autorização daquele órgão.O diretor da S.A. Tupá, Sr Mário Gonçalves, 62 anos e 45 de trabalho nos Diários Associados, depositário dos cristais, colocou as peças em cofre. "Só recebo honrarias", disse ele - "em meus 45 anos de empresa, a proteção foi meu esforço, algumas vezes reconhecido, outras desprezado. Tenho meu trabalho e meus filhos e luto com dificuldade. Mas sou católico, creio na ressurreição de Cristo e por isso também num milagre para que a emissora renasça."POTÊNCIA - A TV Tupi ocupava cinco dos 10 andares do prédio no Sumaré, onde continuam funcionando as rádios Tupi, Difusora AM e Difusora FM. A torre que sustentaria a nova antena da TV de 50 W de potência estava em fase de acabamento; seria a maior da América do Sul.BELÉM: 9H20MBelém - A TV Marajoara nem chegou a entra no ar ontem: antes das 10h, quando um funcionário do Dentel chegou à emissora para lacrar seus transmissores, já encontrou a emissora sem funcionar. Roberto Jares Martins, seu diretor, tinha certeza que a portaria do Ministério -das Comunicações declarando a perempção da concessão do Canal 2 seria publicada no Diário Oficial de ontem e por isso ordenou que o canal não gerasse sua programação pela manhã, até que o Dentel definisse a situação. A emissora saíra do ar aos 17 minutos de sexta-feira, exibindo um filme, Tempos Difíceis. E não retornou mais.BELO HORIZONTE: 10H27MBelo Horizonte - A direção dos Diários e Emissoras Associados em Minas ainda não decidiu o que fará com os 300 empregados da TV Itacolomi, que ontem não chegou a entrar no ar. Por enquanto, nenhuma demissão foi anunciada e, ontem, em nova nota, o Sindicato dos Jornalistas de Minas exigiu que o Governo se responsabilize pelo reaproveitamento dos 300 demitidos.A decisão dos Associados sobre os funcionários só deve ser anunciada segunda-feira e, se demitidos, os optantes pela CLT serão indenizados pela própria empresa, cabendo ao Governo pagar aos demais. A nota do Sindicato dos Jornalistas diz que "o Governo deve ser responsabilizado pelo destino dos empregados da TV, promovendo o reaproveitamento de todos pela nova concessionária, ou então pelas empresas estatais."DESOLAÇÃO - Ontem, após a retirada da emissora do ar, às 10h27m, quando representantes do Dentel desligaram os dois cristais dos transmissores da Itacolomi, na Serra do Curral, o clima entre os funcionários, que já em de completa tristeza, chegou à desolação. A emissora não chegou a ir ao ar e foi retirada pelo Dentel quando restavam no vídeo as cores para a programação. Apesar disto, às 12 horas, repórteres da Itacolomi tentavam ouvir do Governador Francelino Pereira opinião sobre a crise na empresa.A operação de retirada do ar e lacre nos transmissores foi executada sob ordens do diretor do, Dentel em Minas, Coronel Fleury, e amparada por um batalhão de choque da de PM, que se deslocou até o prédio central da emissora. Durante todo o dia, uma guarnição da radiopatrulha permaneceu em frente ao local. O Sr Francelino Pereira disse estar atento ao problema e lamentou a decisão, que, afirmou, "ninguém esperava, tendo em vista seus relatórios e sua situação financeira".RECIFE: 10H50MRecife - Diante de 160 angustiados empregados da TV Rádio Clube de Pernambuco, três funcionários do Dentel, à frente a Sra Ana Maria Belfort, lacraram ontem pela manhã, as 10h50m, os transmissores da emissora, uma das sete da Rede Tupi, cujas concessões foram cassadas pelo Governo.Mesmo avisados de que não poderiam filmar as derradeiras cenas da emissora, ainda chegou-se a transmitir para quatro Estados nordestinos - Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Alagoas - o pânico em que se transformou a televisão pouco momentos antes do lacre. O locutor Osório Romero, improvisado na função e um dos editores de jornalismo da emissora, ainda pôde chegar até a alguns metros dos transmissores com microfone à mão, para narrar o epílogo da TV Rádio Clube.Ele conseguiu dizer para os telespectadores, mostrando a angústia dos 160 funcionários da emissora - três minutos antes da retirada do cristal dos transmissores que era um grande momento para todos, "de expectativa, angústia, de sofrimento e de um misto de pânico e desespero".Afirmou, também, que "a nossa única dúvida é com referência a nossa sorte daqui para a frente. As nossas esposas, nossos filhos, nossos familiares encontram-se numa tensão emocional incontrolável. Nesta oportunidade, fazemos um apelo ao Excelentíssimo Sr Presidente da República para olhar por nós. Aos nossos telespectadores, o nosso agradecimento pela audiência, nossa gratidão pela solidariedade".Alguns funcionários chegaram a chorar. Todos estavam bastante comovidos e mostraram que estavam solidários uns com os outros. O cinegrafista Inaldo Lins, 37 anos, fundador da TV Rádio Clube, com 20 anos de empresa, não se conteve: "Estou aqui desde os 17 anos de idade. Comecei como laboratorista. e considerava esta empresa como minha casa, pois em aqui que vivia mais, muito mais que com a família. Não encontro uma maneira de me consolar." Próximo o astrólogo Gilvan previa: "Dentro de 30 dias voltaremos ao ar". Como, ele não sabia dizer.FORTALEZA: 11H19MFortaleza - "Afinal chegou o momento". E em seguida a imagem do Canal 2 desapareceu do ar. Era uma equipe do Dentel, delegacia regional, que chegou às 11h19m e começou a lacrar os transmissores da estação quando estava diante das câmeras o animador de auditório, Augusto Borges. Ele ainda lia mensagens de pessoas que faziam apelos ao Presidente da República para que revogasse a medida de cassação dos canais da Rede Tupi.Um dos últimos a falar foi o cantor Fagner, que nasceu artisticamente no Canal 2, em seus programas de auditório, na década de 1970. "Isso tudo faz parte de um complô contra a criatividade brasileira. Eu estou pasmado e até chorando", disse Fagner, em uma fala que durou oito minutos, acrescentando que esta "emissora fala coisas que não são padronizadas. Eu nasci aqui. A gente deve brigar por isso. Espero que retomemos brevemente" e deu um abraço em Augusto Borges que acabam de chorar convulsivamente.Fagner citou Belchior, Ednardo, Petrúcio Maia, Teti, Rodger e muitos outros artistas que brilham pelo Brasil como "crias" da TV Ceará, Canal 2.No missa celebrada em um altar humilde apenas enfeitado por uma cruz branca de isopor, o Bispo-auxiliar de Fortaleza, D Raimundo de Castro e Silva disse que "vamos rezar para que Nossa Senhora de Assunção ilumine o nosso Presidente no sentido, de que ele encontre outro meio para salvar o trabalho de vocês. A Arquidiocese muito deve ao Canal 2 e aos seus integrantes. É aqui, que há muitos anos é rezada a Missa dominical para os doentes."PORTO ALEGRE: 11H55MPorto Alegre - Às 11h55M de ontem, a TV Piratini, Canal 5, interrompeu suas transmissões, saindo do ar depois de 21 anos de trabalho. Enquanto era transmitido um desenho animado dos criadores norte-americanos Hanna e Barbera, um Volkswagen do Dentel subia a rampa da televisão conduzindo três técnicos do órgão com ordem para lacrar os transmissores do Canal 5.Como estava na bom do almoço, alguns funcionários encontravam-se do lado de fora do prédio da emissora, ou na lanchonete, mas esquivaram-se da imprensa, alegando que não sabiam de nada. Poucos foram os que manifestaram sua tristeza pelo fechamento do canal e a esperança de que seu emprego fosse garantido pelo cumprimento da promessa do superintendente regional Associado, Sr Estácio Ramos, de transformar a TV numa Central Produtora de Comerciais.POLICIAMENTO - Desde as 6h um Fiat do 1º Batalhão da Brigada Militar guardava a entrada da TV Piratini, "cumprindo ordens" como disse um dos PMS, acrescentando que a ordem era ficar até que a televisão fosse fechada. Às 11h, chegava outra viatura e uma hora depois uma terceira. As 11h25m, quando o carro do Dentel chegou à TV Piratini, três carros da Brigada Militar policiavam a área, retirando-se logo após a saída do Volkswagen do Dentel.Após o lacre dos transmissores a diretoria da TV Piratini se esquivou de contatos com a imprensa, e entrar na emissora em impossível uma vez que a porta de entrada é controlada por mecanismo eletrônico. O superintendente, regional dos Diários Associados, Sr Estácio Ramos, não fez nenhum comunicado sobre o fechamento da TV Piratini e manteve reuniões durante todo o dia, conforme sua secretária.Eram 10h45m quando o JORNAL DO BRASIL tentou um contato com o Sr Estácio Ramos. Sua secretária informou que ele estava em reunião mas que "estamos todos bem, todos tranqüilos, porque o impacto da notícia já passou e ninguém será prejudicado". As 11h55m, quando a imagem da TV Piratini saiu do ar, a mesma secretaria dizia não saber de nada, que talvez fosse conseqüência de um problema técnico.Os 140 funcionários da TV Piratini continuaram, ontem, depois de lacrados os transmissores, batendo ponto de entrada e saída, e em seus departamentos esperavam a decisão da emissora sobre o destino que seria dado a cada um. Abordados sobre o que estavam fazendo na emissora, os funcionários insistiam em, responder que estavam trabalhando "internamente", enquanto outros, admitiam estarem "olhando um pra cara do outro".RIO: 12H33MEram 12h33m quando Wilson Gomes de Faria, fiscal do Dentel, se curvou sem cerimônia diante do painel cheio de visores e botões eletrônicos, puxou uma espécie de gavetinha metálica e, como quem cumpre tarefa de rotina, retirou calmamente, de dentro dela, um minúsculo cristal. Era o fim. Depois de 30 anos de atividade e com a transmissão derradeira do seu logotipo, saia do ar a TV TUPI.Na fria sala do prédio de transmissão que o outrora todo-poderoso 6 de televisão montara no Alto do Sumaré, tudo em melancolia mas ninguém chorou. Durval Cardoso Filho, técnico de manutenção há nove anos da Tupi e que recebeu, dos funcionário do Dentel o termo de lacração dos transmissores, olhou em frente depois de assinar quatro vias com a mão esquerda e disse sem muita convicção: "É chato mas a vida continua".Momentos antes, no principal estúdio da Urca, cerca de 200 funcionários, muitos deles chorando, olhavam as últimas imagens da emissora: o Papa rezando a missa do Parque do Flamengo. Ao fundo, a voz do locutor Cévio Cordeiro, apelando "ao outro João", o Presidente da República, para que "olhasse os funcionários desempregados".A SAÍDA DO AR - O ritual da retirada do ar da TV Tupi, obedeceu às regras legais. Uma veraneio e uma Brasília subiram ao Alto do Sumaré levando quatro funcionários qualificados do Dentel (Departamento Nacional de Telecomunicações): Hercílio de SantAnna (assistente jurídico), Sebastião Antônio da Silva Sobrinho (engenheiro-chefe de Seção de Fiscalização), Nilton da Silva Rosa e Wilson Gomes de Faria, agentes fiscais.O Sr Hercílio - que, ao despedir-se, pediria desculpas por "qualquer coisa" - sobe a pequena rampa que dá para a sala onde Luís Fernando e Durval Cardoso exerciam ainda um funções de técnicos de manutenção. Logo entrega a Durval o ofício nº 750, destinado ao diretor-superintendente da Sociedade Anônima Rádio Tupi (sem nome) e assinado pelo diretor-regional do Dentel-Rio, Sr Aroldo de Oliveira, pelo qual são apresentados os quatro enviados do Dentel, encarregados que estavam de proceder à "lacração dos transmissores e atos complementares." O Sr Mílton Rosa não deixou de comentar:"Quem devia estar presente para receber o documento era um representante categorizado do Condomínio dos Diários Associados".Os fiscais entraram e passaram a executar a tarefa de que foram incumbidos conforme o termo de lacração em quatro vias: "Lacrei os transmissores da seguinte maneira: retirando o excitador e locando em curto os soquetes das câmaras térmicas dos cristais do transmissor principal."No rodapé do documento, mais uma informação: "Transmissores lacrados de acordo com o telex nº 359/DG/Dentel, de 18/07/80, cumprindo o Decreto 84928/80, que tornou perempta a concessão para execução do Serviço de Radiodifusão de Som e Imagem da S/A Rádio Tupi-Canal 6". O documento foi assinado pelos quatro representantes do Dentel, e Durval Cardoso Filho, pela Tupi, e mais duas testemunhas: Fernando Jatobá Valença e outro de nome indecifrável.Antes de executarem a determinação superior, os enviados do Dentel ainda entraram em contato com o Sr José Arrabal (superintendente da TV Tupi) comunicando que estavam ali para cumprir a missão. Arrabal concordou mas manifestou o desejo de que primeiro lhe fosse permitido acabar de transmitir uma mensagem dirigida ao Presidente Figueiredo para que ele reconsiderasse a cassação do canal 6.Depois que retiraram do excitador o cristal (peça responsável por toda a transmissão televisiva) nos dois painéis (o efetivo e o de emergência) - o que não demorou mais de cinco minutos - os fiscais procederam à lacração dos aparelhos, com os números 5.187.165 e 7.369.887. Tudo se processou tranqüilamente e quase como se se tratasse de uma prática de rotina.Os enviados do Dentel se retiraram e, aos poucos, a sala foi ficando vazia.

Fonte: Banco de Dados TV-Pesquisa - Documento número: 2894

TV PIRATINI CANAL 5 PORTO ALEGRE


RIO
GRANDE
DO
SUL




FÓTO TIRADA , NO DIA INAUGURAÇÃO

Francisco de Assis Chateaubriand Bandeira de Melo.De forma pioneira e ousada, implantou,em 18 de setembro de 1950 no Brasil,a TV Tupy-Difusora (inicialmente canal 3),em São Paulo,em seguida espandindo-se por todo o Brasil,formando a rede Tupi de Televisão.foto :tirada por fotografo no dia da inauguração em São Paulo.

18 de setembro de 1950

Assis Chateaubriand (Arquivo Pró-TV / Museu da TV)
A Televisão Brasileira faz 57 anos. O Dia Nacional da Televisão é 18 de setembro. Após campanha da PRÓ-TV e com o apoio do deputado federal Duílio Pisaneschi, amigo de nossa associação, a diretoria esteve em Brasília, para ver a assinatura do documento que promulgou, em nível nacional, o Dia da Televisão. Na Câmara dos Deputados houve a sessão solene. E, depois, o presidente da casa à época, deputado Aécio Neves, recebeu a caravana paulista, para um brinde em sua residência, à margem do Lago Paranoá. Foi uma data festiva, finalmente alcançada.A PRF-3 TV Tupi-Difusora, a pioneira, foi inaugurada em 18 de setembro de 1950 em São Paulo. O jornalista Assis Chateaubriand sabia da importância do novo veículo de comunicação, que surgia em todo o mundo.Os primeiros países que a inauguraram foram: Estados Unidos, França e Inglaterra. E o quarto país a fazê-lo, foi o Brasil. 1º da América Latina.Com material comprado na RCA dos Estados Unidos, Chateaubriand deu a largada, em busca da modernidade que chegava ao mundo.Aqui registramos por isso nossos parabéns, a esse brasileiro de grande inteligência, coragem e visão, que colocou nosso país, em posição tão importante.Mas acreditamos que nem ele, o visionário, imaginava o crescimento e a importância que a televisão iria ter, ao chegar ao seu 57º aniversário.A televisão é o mais importante veículo de comunicação do Brasil, que tem hoje nada menos que 60 milhões de televisores espalhados pelo território nacional.

TV PIRATINI


TV PIRATINI CANAL 5 PORTO ALEGRE EA CANTORA Lourdes Rodrigues.

A grande oportunidade foi ter vencido o concurso de "A mais bela voz de estudante do Rio Grande do Sul", transmitido pelas ondas da Farroupilha. De posse do título, Lourdes representou os gaúchos na grande final no Rio de Janeiro e conheceu a televisão, então distante da maioria dos lares brasileiros. O show foi no auditório da TV Tupi, com direção de Ari Barroso, e lhe conferiu mais uma vitória. A carreira começava a despontar. Em 31 de agosto do mesmo ano (1952), veio a emoção de estrear no programa "Roteiro de um Boêmio", maior audiência da Farroupilha naquela época. "Tinha o meu fã-clube. As pessoas vinham do interior para me conhecer", recorda Lourdes Rodrigues, rainha do rádio, do carnaval, dos estudantes e favorita dos militares.
Ao longo dos 15 anos seguintes, a Dama da Canção propagou sua voz pela freqüência da Farroupilha. Mas o rádio foi perdendo espaço para a televisão e os artistas passaram a ocupar os palcos do "Grande Show Wallig", do Canal 5, nas apresentações dominicais. "Nesta época, Hebe Camargo fez uma temporada brilhante aqui. E a noite de Porto Alegre foi evoluindo. Passei a cantar nas casas noturnas do Lupicínio Rodrigues, da Vera Vargas e Adelaide Dias, além dos shows que sempre fazia no interior". Em 1987, Lourdes lançou seu primeiro (e único) LP, no bar Carinhoso. "Foi um dos momentos mais marcantes da minha carreira. Vendi 17 mil cópias desta produção independente batizada de Utopia", lembra. (FONTE: SINPORO - RS )

TV PIRATINI CANAL 5 REDE TUPI


TV

PIRATINI

REDE

TUPI

DE

TELEVISÃO

50

E

60

E

CANTORA

EDITE

VEIGA













Canal 5 TV Piratini


TV PIRATINI,APRESENTAÇÃO DE ARTISTAS E MUSICOS:LUIZ MAURO,FERNANDO,FERNANDO COLARES,GILBERTO TRUMPETISTA,E VILSON AYALA.NO FESTIVAL DA MUSICA REGIONAL,DEFENDENDO A MUSICA:``O GAÚCHO EA SAUDADE´´ DE AURTORIA DE VILSON AYALA.foto e fonte:pagina artedeluizmauro(todas as fotos inceridas neste blog da tv piratini,é apenas para fins culturais,não comerciais.informações históricas preservação da memória.quaisquer informações contrarias nos comunique que retiramos foto.são fótos e recortes garimpados ,em revistas,jornais antigos e pela internét.Sou rádialista e estou reunindo todo material encontrado e colocando a disposição reunidos nesta página,para colaboração com nóssa história e preservação da memória Gaúcha sem fins lucrativos.se voçe pode colaborar com fotos,videos,matérias nos escreva.toda informação é bém vinda.grande abraço radialista Jota Pedroso.

A TV PIRATINI CANAL 5 NO RS A PIONEIRA NO ESTADO

FOTO
PROGRAMA
CLUB
GURI
Às cinco da tarde do dia 20 de dezembro de 1959, o apresentador Ênio Rockenbach anunciou: "Senhoras e senhores telespectadores do Rio Grande do Sul, está no ar a TV Piratini, Canal 5, uma emissora dos Diários Associados"।Descrita como uma das mais modernas do Brasil, a Piratini começou a funcionar em Porto Alegre com o melhor que a tecnologia da época poderia oferecer. As primeiras imagens foram geradas a partir do prédio erguido no topo do Morro Santa Teresa. Com o indiozinho Curumim como símbolo, era a mais nova afiliada do grupo de Assis Chateaubriand, que iniciou a era da televisão no Brasil em 1950, lançando a TV Tupi, de São Paulo.Nos estúdios de 1.700 metros quadrados, em que trabalhavam 100 profissionais, havia cinco câmeras valvuladas. O novo canal contava também com um caminhão de externa, acionado logo depois da cerimônia de inauguração para transmitir um incêndio que destruiu o Varejo Reunidas, na Rua do Rosário, centro de Porto Alegre.Ainda sem contar com o recurso do videoteipe, durante os três primeiros anos de pioneirismo a programação da Piratini era totalmente ao vivo. Em duas horas diárias, das 20h às 22h, os telespectadores assistiam a três novelas, dois telejornais - o Repórter Esso e o Diário de Notícias na TV -, além de três peças de teatro semanais e shows artísticos.Até 1980, último ano em que funcionou, a TV Piratini assumiu a importância histórica de ser a primeira emissora de TV dos gaúchos.A TV Piratini saiu do ar junto com as outras emissoras associadas TV Tupi de São Paulo, TV Tupi Rio, TV Marajoara, TV Itacolomi,Tv Tupi Brasilia e outras.Piratini (Canal 5):13h30 – Roy Rogers14h00 - A Lenda de um Pistoleiro14h25 - Clube da Alegria 15h00 - Superpresidente15h30 - A Volta do Ultra Man 16h00 - Capitão Escarlate16h30 – Stingray 17h00 – Thunderbirds 18h15 – Papai Coração - novela da Tupi19h00 - Os Apóstolos de Judas - novela da Tupi19h45 - Xeque Mate - novela da Tupi20h45 - Factorama - Rede Tupi21h00 - Segunda Super22h00 - Departamento "S" 23h00 - Cinema no 5

domingo, 28 de setembro de 2008

TV PIRATINI CANAL 5 UMA EMISSORA INTEGRANTE DA REDE TUPI DE TELEVISÃO


EQUIPAMENTO ANTIGO TELECINE 16MM PARA APRESENTAÇÃO DE FILMES CINEMATOGRÁFICOS NA TV

ANTIGO

EQUIPAMENTO


DE


TELECINE


AONDE


ÉRAM


LEVADOS


AO


ÁR


AS


REPORTAGENS


FILMADAS

NAS

DÉCADAS

50

E
60





*********************************************************************************





FRAGMENTO










DE










PELICULA










AS










QUAIS










FILMAVAM










AS










REPORTAGENS





********************************************************************************


16MM

PAILLARD




BOLEX







FILMADORA




UTILIZADA

NAS

REPORTAGENS















*************************************************************************************

VIDEO -TAIP ANTIGO ORIGINAL HUMATIC O HOMEM CHEGA NA LUA

NOTICIA DE DESTAQUE NA TV PIRATINI CANAL 5.``APOLO 11 POSA EM SOLO LUNAR`´
O MUNDO INTEIRO PAROU,PARA ASSISTIR A CHEGADA DO HOMEM NA LUA।VEJA ESTE TRECHO DE UM VIDEO TAIP ANTIGO। UM DIA ASSISTIMOS DOS ARQUIVOS DA EXTINTA TV PIRATINI।FOI NO DIA 20 DE JULHO DE 1969,QUE O ASTRONAUTA,NEIL ARMSTRONG,FALOU AO PISAR EM SÓLO LUNAR:....``UM PEQUENO PASSO PARA UM HOMEM,UM SALTO IMENÇO PARA A HUMANIDADE...´´´ASSISTA ESTE RARO FRAGMENTO ORIGINAL EM VIDEO TAIP ANTIGO।

DISTRIBUIÇÃO

NASA

video

AS CAMERAS da Tv Piratini canal 5 . Rede Tupi Porto Alegre






AS



CAMERAS



DA



ANTIGA



TV



PIRATINI



CANAL



5



RIO



GRANDE



DO



SUL

















Tv Piratini canal 5 Garota propaganda Margarida Espessato


Rede
Tupi
Porto
Alegre
1960
Garota
propaganda
ao
lado
da
camera
canal
5
Tv
Piratini

Inaugurada em 20 dezembro 1959 a TV Piratini canal 5 por Assis Chateaubriand



Em

20

de

12

de

1959

inauguração da TV Piratini

Tv Piratini canal 5 Atris : Maria Luiza Castelli

Maria Luiza Castelli nasceu em Porto Alegre, Rio grande do Sul, em 1935। Começou sua carreira na TV Piratini, de Porto Alegre. Sem nunca ter estudado artes cênicas foi vencedora de um concurso para atriz. De Porto Alegre ela transferiu-se para São Paulo. Foi para a TV TUPI, onde fez as novelas: “O Segredo de Laura”; “Quem Casa com Maria?”; “O Direito de Nascer”; “Um Rosto Perdido”; “A Ré Misteriosa”; “A Inimiga”; “A Família Pimenta”; “Presídio de Mulheres”; “Os Rebeldes”; “Antônio Maria”. No ano de 1969, Maria Luiza Castelli foi para o Rio de Janeiro, contratada pela TV Globo. Lá participou das novelas: “A Cabana do Pai Tomás”; “Pigmaleão 70”; “Assim na Terra como no Céu”; “Cavalo de Aço”; “Ossos do Barão”; Corrida de Ouro”. Voltou para a TV TUPI e atuou em: “Xeque Mate”; “O Julgamento”; “Éramos Seis”. Passou para a TV Bandeirantes e fez: “Pé de Vento; “Rosa Baiana. Em 1981, na TV Cultura, participou de: “O Resto É Silêncio”; “O Tronco do Ipê”; “Paiol do Velho”; “Música Longe”. Depois foi a TV Manchete onde fez: “Justiça de Deus” e “Joana .
Fonte: Museu da TV Brasileira

REDE TUPI DE TELEVISÃO TV PIRATINI



TV PIRATINI CANAL 5 MORRO DE SANTA TEREZA PORTO ALEGRE

TV PIRATINI CANAL 5 O CIRCO DO CARÉQUINHA



NA TV PIRATINI CANAL 5 MORRO DE SANTA TEREZA PORTO ALEGRE RS.TAMBÉM TINHA O GRANDE CIRCO DO CARÉQUINHA,QUE ÉRA UMA GRANDE FÉSTA PARA A GAROTADA DA DÉCADA DE 60

FLAVIO CAVALCANTE DIZIA ASSIM : NÓSSOS COMERCIAIS POR FAVOR NA TV PIRATINI CANAL 5

QUEROZENE

JACARÉ

ANTIGO

PATROCINADOR

TV

PIRATINI

video

REDE TUPI TV PIRATINI CANAL 5







REDE TUPI DE TELEVISÃO TV PIRATINI CANAL 5 APRESENTA PERDIDOS NO ESPAÇO

PERDIDOS

NO

ESPAÇO

video

NA DÉCADA DE 60 : TV PIRATINI CANAL 5 अप्रेसेंतावा BAT MASTERSON

DÉCADA

60

TV

PIRATINI

PORTO

ALEGRE

CANAL

5

MORRO

SANTA

TEREZA

APRESENTA

BAT

MASTERSON

video

TVPIRATINI CANAL 5 PORTO ALEGRE


REDE

TUPI

TELEVISÃO

TV

PIRATINI

CANAL

5

RIO

GRANDE

DO

SUL