sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

PAULO HENRIQUE : DÉCADAS 60 70 JOVEM GUARDA CANTOR PAULO HENRIQUE TV PIRATINI CANAL 5 uma lagrima


*************




Logo á baixo há um videoclip= Uma Lágrima .


1967 - Compacto simples em 1967 jp contendo , duas musicas:

- Por querer demais
- contei a um passarinho

******************

- 196..(ano)Grava um compacto duplo jp contendo as seguintes 4 musicas:

Uma lágrima
Por querer demais
Eu mudei de amor
Ultimo Adeus
Foto rosto,jp de frente,capa contornos avermelhado.

**********************




*********************************











Fica aqui esta simples homenagem a memória do cantor, compositor Paulo Henrique. Musica Uma lágrima, interpretada pelo próprio Paulo Henrique. O cantor foi um grande sucesso com esta música. Apresentou-se por todo o Brasil , em grandes programas do rádio e TV, entre estes no programa do Sílvio Santos, Jovem Guarda, Chacrinha, e na TV Piratini canal 5 em Porto Alegre RS. *autor deste texto mt.sind.11.660 radialista J Pedroso Canoas.RS Brasil.
DISCOGRAFIA:
1968 - jpCOMPACTO SIMPLES ANO 1968-interprete : Paulo Henrique
EP-COMPACTO 7´- PAULO HENRIQUE - RCA VICTOR 1968
1- O CALENDÁRIO -jp VERSÃO VANUSA,
2-TANTA COISA.
*********************
PAULO HENRIQUE
COMPACTO SIMPLES ANO 1969

1969 - RCA (LC 6539) STEREO Com as musicas:
1. FLÔR, PAZ E AMOR LC 6539A
2. UMA LÁGRIMA jp LC 6539B
gravação mono. 33 rpm
******************************

1970 - Grava um compacto simples, pela RÇA, uma das faixas é:

Uma Rosa e Uma Saudade jp(Una rosa e una candela)

*********************************

1971 - Gravou um compacto simples,jp pela RÇA Victor. contendo as seguintes musicas:

Lado A :jp Meus Defeitos
Lado B : Nosso Amor é Impossivel

Capa com foto Preto e branco, e contornos verde.Rça Victor

***********************************************

1978 - COMPACTO DUPLO PAULO HENRIQUE,jp ANO: GRAVADORA: CHANTECLER
MÚSICAS:
1-UMA LÁGRIMA
2-TE CHAMO PARA DESPEDIR-ME
3-CARA DE CIGANA
4-TEMA DE MÁRCIO (jp ORAÇÃO DE SÃO FRANCISCO)
disco numero: 00169
Disco gravado em Estereo - 33 rpm

*****************



****************************************

1981 - CANTOR PAULO HENRIQUE - COMPACTO SIMPLES :
ANO DE 1981
LADO 1 : O PALHAÇO ( autor :Benjamim de Oliveira )
LADO 2 :CANSADO DE TANTO CHORAR (jp autor: Arthur Moreira - Sebastião Ferreira da Silva ) disco numero:89009 pela prisma discos
produtor: Arthur Moreira
arranjos: Armando Ferrante Jr .
studio : MOSID SP

*******************

1982 - GRAVADORA : RCA - compacto duplo titulo: Quatro Sucessos de ouro, com as musicas:
UMA LÁGRIMA /jp JAMAIS TE ESQUECEREI
MINHA TIMIDEZ /jp UMA ROSA E UMA SAUDADE

capa em cores. foto em close do rosto,e
com camisa vermelha.


*****************************


- Ano(....)Paulo Henrique grava (Talvez ultimo disco) Compacto duplo, com as musicas:
Lado A jp:

A mesma Lágrima ( autor junto com outro)

Viverei (versão de: vivere jpjp)

Foto do rosto de perfil na capa






************************************************



O cantor Paulo Henrique,Seu maior sucesso musical foi a musica:Uma Lágrima .(Uma lágrima e meu violão)residia jp na Cidade de Canoas Estado do Rio Grande do Sul, e quando retornava de São Paulo,Rio,na década de 60, por ali era visto na janela da casa de sua Mãe,que ficava na rua Epitácio pessoa ao lado do numero 67,no ``s´´ da rua,bem na curva,ali no bairro Niterói,em Canoas RS. As gurias, e minha irmã e amigas que tomavam conta da rua,o saudavam gritando seu nome,jp eu era um piá de 9 anos . Sua Mãe,tomava café com minha Mãe la em nossa casa,naquelas tardes. Nós morávamos ao lado, eu nasci naquela rua. Eu ficava muito admirado,ao ver toda aquela festa, e agito na nossa rua,que ficava tomada pelas gurias,enquanto o cantor,compositor Paulo Henrique acenava a janela.

o cantor Paulo Henrique, depois ao atingir o sucesso,no final da década de 60 jp.Levou sua Mãe com ele para São Paulo .Sua Mãe faleceu pouco tempo depois na década de 70.e segundo informações,da radialista Edna Thereza,o cantor é falecido a bastante tempo, segundo alguns,Paulo Henrique faleceu na década de 80( ? ).Ha ainda em Canoas uma comadre da mãe do cantor de nome Tereza, e talvez outros parentes.
fica aqui esta colaboração para memória da musica popular brasileira .e homenagem a memória deste grande cantor e compositor brasileiro,e a TV PIRATINI que lançou grandes artistas. Paulo Henrique grande sucesso na época da Jovem Guarda. Lembro que sua mãe, um dia levou para nós ver, uma revista, aonde estava entre outros numa propaganda de avião, o cantor. Sua mãe era uma pessoa meiga, atenciosa,que foi amiga de minha mãe.

*Radialista Jota Pedroso RS


*********************************




***************



Assim como outros, tivemos o privilégio de ter conhecido o cantor Paulo Henrique,jp sua mãe e alguns familiares do cantor.E bem ao lado de casa.Ali no bairro niterói,aqui em Canoas na rua Epitácio Pessoa, aonde eu nasci e me criei jp.Não só o conheci,como convivi, ali junto, éramos vizinhos.




***ATENÇÃO BICÃO, PARASITAS COPIADORES DO TRABALHO DOS OUTROS.***TEXTOS E IMAGENS TEM DIREITOS.
ESTA É A PRIMEIRA PÁGINA NA WEB, COM MEMÓRIA, TEXTOS SOBRE A ANTIGA TV PIRATINI, CANAL5.

ALGUÉM COM CURSO SUPERIOR, MAS SEM CARÁTER, NADA VALE.

*As pessoas honéstas, me desculpem, mas foi nescessário dizer, pois tem alguns vigaristas aqui no sul, que estão copiando, aqui, e postando como sendo autores, inclusive em outros blogs, e até cd room e vendendo. Basta pesquisar sobre tv piratini, que irão encontrar as imagens, e alguns textos, copiados daqui desta pagina, em outros blogs gaúchos, e ainda tiveram a cara de pau, de apagar as legendas.Alguns tiram faculdade, mas não aprendem a respeitar. Te cuida Bicão.Tenho dito... Radialista JPedroso/Canoas.RS.Brasil M.Sind. 11.660

* o conteúdo desta página somente pode ser divulgado com citação desta fonte, indicando este link: http://tvpiratinicanal5rs.blogspot.com/ , postando o link desta pagina . Somente poderão ser publicadas estas informações sob autorização por escrito do autor*textos de autoria do Radialista e produtor de rádio,tv e cinema: Jota Pedroso Registro Profissional número:4.875 Mat.Sind: 11.660 J Pedroso. Canoas Rio Grande do Sul Brasil






******** *publicado primeira vez na web em: sexta-feira, 30 de janeiro de 2009 * JPedroso
















Foto á seguir, do local no b. niteroi, em Canoas/RS, aonde morou o cantor Paulo Henrique, com sua mãe, na decada de 60, os quais nossos visinhos. No ``S´´, da rua Epitácio Pessoa.



***Atenção Bicão, não copie o trabalho dos outros. Textos e imagens tem autoria. Aqui no Rio Grande do Sul, temos que dizer estas coisas para alguns, os tais Bicão.
************
Recebi, e posto a seguir, uma bela reportagem em texto, uma gentil colaboração, de importancia, sobre uma parte da história do grande cantor Paulo Henrique.Recebi por E-mail, o texto a seguir.Quem me envia este relato, é o policial Sandro, do Estado de São Paulo:


Outro dia resolvi colocar o nome do cantor Paulo Henrique no Google por curiosidade

e encontrei aquelas informações sobre ele na pagina do radialista JPedroso do Rio Grande do Sul
então resolvi colaborar com mais informações sobre Paulo e enviar a vocês Ok.
Corria o ano de 1978 mês de abril ou maio e numa noite de sábado resolvi pegar um
cineminha no centro de SP, quando acabou a sessão entrei em uma lanchonete que
ali existia chamava-se Casa Kibe eram por volta de 22:oo hs logo fiz meu pedido e
sentado no banco ao lado estava um rapaz de cabelos preto compridos que começou
a conversar comigo e indagando sobre o meu corte curto de cabelo informei que
estava no serviço militar da Aeronáutica e iria dar baixa em junho próximo, e ele me
disse que era cantor e estava retomando sua carreira artística e iria dentro em breve
gravar um novo disco.


Passaram-se alguns dias e ele me convidou para ir a sua casa
ue era na Av. Rio Branco esquina com Av. Ipiranga no 7o andar de um predio ali.
Lá ele morava com sua Mãe dona Zira sua Irmã uma sobrinha de 03 anos e mais um casal de sobrinhos pais da criança que tinham uma banca de jornal na esquina
mais famosa de SP Ipiranga c/S. João. Bem sai da Aeronáutica venceu meu tempo e
Paulo me convidou para trabalhar com ele marcando Shows no café dos artistas na
egunda- feira na parte da tarde no largo do Paiçandu para espetáculos em circos e casas
noturnas.



Mas, ai aconteceu uma coisa muito infeliz, a mãe de Paulo veio a falecer quando ela
estava passeando em Passo Fundo na casa de um filho seu irmão de Paulo,
a Gravadora Chantecler imediatamente forneceu 02 passagens de avião e fomos
o Rio Grande do Sul num voo da Cruzeiro do Sul muito agitado era a minha primeira
vez que eu voava o tempo estava péssimo mas depois de muitas turbulências chegamos a Porto Alegre
pegamos um ônibus que era via Erechim passava em Passo Fundo onde estava o velório.

Voltamos de ônibus para SP eu e Paulo com mais alguns familiares. Veio então a Gravação
do disco de Paulo que era uma regravação de Uma Lagrima lado A e Cara de Cigana lado B
gravado em um estúdio na Av. Paulista no prédio da antiga TV Gazeta que contou com as
vozes no coral de Half irmão do
cantor Cristian e duas integrantes do grupo Harmony Cats e segundo ele me falou a
primeira versão de Uma lagrima fora feita por Sebastião Ferreira que comandava as paradas
de sucesso uma lista semanal com relação dos discos mais vendidos que tinha um
escritório na Av. Angelica. E começamos a trabalhar o disco participando de programas
da época como Clube do Bolinha – finado Dárcio Campos – Raul Gil e etc.. Muitos Shows
também vieram a rolar com o tempo e eu sempre o acompanhava dando apoio.

.

Logo depois do falecimento de sua mãe Paulo foi morar num Quitinete que antes morava uma
amiga sua a Vera nas esquinas da Av São João com Duque de Caxias embaixo era uma
Loja Hermes Macedo. Logo após esse episodio fui trabalhar em Brasília e fiquei uns 02
anos sem ver Paulo, quando retornei ele ainda estava lá mas sua carreira não tinha
deslanchando e notei que estava muito triste e ele costumava frequentar
um barzinho ao lado do prédio do Zé um sujeito legal que também era fã de Paulo.

E foi este mesmo Zé que me comunicou a morte de Paulo um ou dois anos depois
por volta de 1983 ou 84. Fiquei muito triste pois Paulo era um sujeito maravilhoso uma
alma diferenciada pela sua bondade e pureza esteja ele onde estiver estará gozando de
muita Luz porque era um Iluminado. Bem por hora é só quando eu lembrar de mais
coisas relato a vocês! Ok. 
  SANDRO CIAVAGLIA ( Muito obrigado, Sr. Policial Sandro Ciavaglia, por seu importante relato, nos agradecemos muitissimo sua colaboração, desculpe-nos por alguns comentários que postamos nesta nossa página, sobre direitos autorais, e uns tais bicão que existem por aqui. Receba nosso forte abraço, em nome deste humilde radialista do Rio Grande do Sul, nosso muito obrigado em nome dos Fãs do grande cantor e interprete, o saudoso Paulo Henrique, que tivemos o privilégio de o conheçer.JPedroso,Canoas)   *Texto recebido por E-mail,   direcionado a mim, corrigido, e publicado radialista JPedroso.M.Sind.11.660, Reg.Prof.4.875

22 comentários:

Armando Maynard disse...

Caro Pedroso, é impressionante a força da música, pois ao ouví-la a mesma nos leva de volta aos anos 60, onde "Uma Lágrima" tocava muito nas Rádios AM daquí de Aracaju-SE. Tinha um programa de disquei-jóquei, como se falava na época, que era de uma audiência impressionante, pois as 13 horas fazia eco na cidade, tratava-se de "Os Brotos Comandam", do radialista - ainda na ativa - Jairo Alves. A "Jovem Guarda" foi uma época muito musical e deixou boas lembranças e grande saudade.

Marcinha Garcia disse...

Meu amigo, eu tinha na minha memória o nome do cantor Paulo Henrique, que era da mesma época do Paulo Sérgio. Eu era menina e adorava ouvi-lo cantar. Eu era sua fã! Mas ele sumiu, os anos passaram e ninguém nunca mais falou nele. Eu perguntei às minhs primas, que viveram aquela época e nenhuma se lembrou sequer que ele existiu. Uma vez procurei na internet e nada achei. Resolvi hoje procurar mais uma vez, para me certificar que não era ilusão minha. Enfim: Paulo Henrique existiu e eu não estou maluca!!!!

XICO JÚNIOR disse...

Caro, J Pedroso!
Sou canoense adotivo e moro aqui há 58 anos, portanto. Assim, conheci o cantor Paulo Henrique, que morava na Vila Mathias Velho (hoje Bairro), em Canoas-RS, quando iniciou sua carreira cantando em alguns conjuntos musicais da época como "crooner". Logo foi pro centro do País, onde fez sucesso com a música "UMA LÁGRIMA", que, se a memória não falha, foi tema de uma das novelas da Rede Globo. Isso tenho que confirmar, mas tenho a quase certeza que foi tema de novela. Depois de ter rumado para o centro do País, não tive mais contato com o jovem Paulo Henrique, mas guardo há décadas o CD de vinil em que está a música "Uma Lágrima", sem dúvida uma canção que foi sucesso nacional, exatamente por ter sido tema de novela.
Parabéns por resgatar a história desse jovem canoense e gaúcho, que ainda hoje nos dá saudades e parece escorrer pela face, de saudade, "Uma Lágrima".

Milton disse...

O cantor Paulo Henrique morreu de câncer em 1988.

XICO JÚNIOR disse...

Olá, Jota Pedroso!
Recebi teu comentário sobre o cantor canoense Paulo Henrique, assim como do Milton, do site "TV Piratini Canal 5 RS - Memórias", informações que vieram complementar as que eu já tinha sobre o Paulo Henrique.

Valeu e um forte abraço!
Jornalista, Radialista e Escritor Xico Júnior - Canoas/RS.

Rica disse...

Hoje estou com 53anos na minha epoca não existia adolecentes eramos crianças e dopois dos 14,15anos eramos praticamente adultos.E existia o programa do Slvio Santos o Galã eu adora principalmente o Paulo Henrique que na inôcencia o amava e ate imaginava ser casada com ele. Tanto que minhas amigas tudo que sabia dele qualquer noticia me falava que saudade que tempo bom.sou de São Paulo-Osasco 8/01/2011.

XICO JÚNIOR disse...

Prezada, Rica!

Em primeiro lugar, e não sei como, o teu comentário aqui exposto caiu também na minha caixa de e-mails.
Em segundo, talvez em São Paulo a coisa fosse um pouco diferente, porque aqui no Rio Grande do Sul, pelo menos a minha geração, teve infância, adolescência e depois do 18 ou 20 aí sim a gente tinha que assumir, além dos estudos, um trabalho.

Nossa adolescência foi recheada de bailinhos em casas de família (muitas vezes numa garagem prá não incomodar os mais velhos), as "soirées dançantes" (baile familiar, reunião de pessoas conhecidas para entretenimento ou mesmo para dançar) nos clubes sociais, geralmente à tardinha, o futebol de campo, o futebol de salão (hoje futsal), brincadeiras como soltar pandorga (pipa, papagaio), brincadeira de passar o anel com rapazes e meninas, natutralmente; brincar de esconde-esconde, caçar com funda (bodoque), andar de carrinho de lomba com rodas de rolimâ que nós mesmos fazíamos, assim como os patinetes, etc. e etc.

E lembnro que com 16 anos comecei a trabalhar numa farmácia das 7 hs às 19 hs e saia correndo, sem jantar, direto pro colégio, só retornava prá casa às 23:30 hs, até porque os horários dos ônibus eram mais raros. Mas sempre sobrava um tempo prás brincadeiras de adolescentes, como citei. Aos domingos à tarde íamos ao centro paquerar e depois na sessão matiné no cinema com sessão dupla, ou seja dois filmes, geralmente bang-bang ou filmes de cow-boy com John Wayne e outros, ou as chanchadas com Oscarito, Grande Otelo (que se tornou meu amigo anos depois), Ankito, Zé Trindade, Mazzaroppi e a (uau) Eliana Macedo. À noite ou íamos a algum baile ou à sessão noturna do cinema assitir filmes como "Sissi", "Sissi, a Imperatriz" e "Sissi e Seu Destino" com Romi Schneider no papel da princesa Elizabeth da Baviera ou Áustria, cujo apelido era Sissi. E filmes com as maravilhosas (ufa) Claúdia Cardinale, Sophia Loren, Gina Lollobrigida, Rock Hudson, Alain Delon, Jean Paul Belmondo, Cary Grant, David Niven (autor do livro "Mulheres de Classe, Cavalos de Raça"; Catherine Denneuve, Sandra Dee, Brigitte Bardot, etc.

Deu prá curtir a adolescência, tanto que escrevi um livro sobre essa época de adolescente e nossas opções em termos de lazer e passatempo, cujo título deverá ser "JOVENS ANOS, BELOS DIAS".

Tudo está tão vivo na minha memória como se tivesse acontecido ontem, daí a facilidade de escrever o
livro, com registros fotográficos da nossa turma e tudo.

Abs, Rica.

XICO JÚNIOR disse...

Cara, Rica!

Talvez em São Paulo não tenha havido a fase da adolescência, mas para nós aqui do Sul curtimos muito a nossa adolescência. Com 16 anos comecei a trabalhar das 7 às 19 hs, saia correndo direto pro colégio. Mas nos finais de semana haviam os bailinhos em casa de família, as tradicionais "soirée dançantes" (bailes familiares ou em clubes sociais). Jogávamos futebol de campo, de salão (hoje futsal), jogávamos botão, andávamos de patinetes e carrinhos de lomba com rodas de rolimãs que nós mesmos fazíamos; brincávamos com as meninas de esconde-esconde, passar o anel, jogo da verdade, etc.

Íamos às matinés assitir os filmes de cow-boy (bang-bag, farwest), as chanchadas nacionais com Oscarito e Grande Otelo (que se tornou anos depois meu grande amigo), os filmes com as sen-sa-cio-nais Cláudia Cardinale, Gina Lollobrigida, Sophia Loren, Brigitte Bardot, Sandra Dee, Catherine Denneuve, Alain Delon, Jean Paul Belmondo, Tony Curtis, Rock Hudson, Cary Grant, John Wayne, etc. e etc.

Tanto que escrevi um livro sobre essa maravilhosa fase, cujo título deverá ser "JOVENS ANOS, BELOS DIAS".

Grande abraço, Xico Júnior

Lucia disse...

SEMPRE FUI FA DO CANTOR PAULO HENRIQUE, AINDA HJ COM QUASE 60 ANOS AINDA CURTO A MUSICA ,UMA LAGRIMA. GOSTARIA DE OUVIR A MUSICA TANTA COISA,PROCUREI NA NETE NAO ENCONTREI.

XICO JÚNIOR disse...

Cara, Lúcia!

Acessa o blog "No Tempo da Cuba-Libre" (é sódigitar o título via Google) e no mês de março de 2010 está um vídeo com o Paulo Henrique cantando "Uma Lágrima". Dá até prá ti baixar o vídeo, que na realidade é um SLIDESHOW, porém com a voz e interpretação do próprio Paulo Henrique. Acho que é o único lugar que vais encontrar, porque foi retirado do Youtube e o que postei foi uma cópia que eu tinha baixado.
Ali vais matar a saudades ... E volte sempre, ok?
Ass: Xico Júnior

XICO JÚNIOR disse...

Cara, Lúcia!

Estou finalizando um SLIDESHOW com a história de conjuntos e cantores de Canoas (natos ou adotivos e que gravaram discos), além de um livro que estou finalizando. Nesse SLIDESHOW, além de informações da história, fotos e capas de discos do cantor Paulo Henrique, que nasceu na Vila Mathias Velho (hoje promovida a Bairro), em Canoas, tem duas músicas do Paulo Henrique "UMA LÁGRIMA" e "MINHA TIMIDEZ".
Sou um acervista, assim tenho na minha coleção um disco compacto (CD duplo, em vinil) do Paulo Henrique. Hoje uma relíquia da MPB.

J Pedroso disse...

Informando aos Fans do Cantor Paulo Henrique, que como tendo sido esta nóssa pagina de memórias da tv piratini canal 5, a primeira pagina,blog a reunir fragmentos da história desta que foi a primeira emissora de tv do RS.Fomos tambem, quem primeiro reuniu fragmentos da história e da memória do cantor Paulo Henrique na web, pois antes de 2009, quando reunimos estes fragmentos, nada se encontrava na web sobre o cantor de uma lágrima.Assim, desde 2009 temos postado aqui, o videoclip com a interpretação do propio cantor Paulo Henrique, cantando,você pode assistir desde 2009 este clip de video aqui em nossa pagina http://tvpiratinicanal5rs.blogspot.com/2009/01/cantor-paulo-henrique-tv-piratini-canal.html

XICO JÚNIOR disse...

Ok, J Pedroso!

Mas da última vez que visitei o site de vocês não havia o "slideshow", até porque não é vídeo, com o cantor Paulo Henrique cantando "Uma Lágrima". Fui buscar esse mesmo "slideshow" no Youtube. Depois da mensagem da Lúcia, que veio parar na minha caixa de e-mails é que fui ver que o site de vocês também tem o mesmo "slideshow" do cantor Paulo Henrique.
E concordo que as primeiras informações que encontrei sobre o cantor Paulo Henrique foi através do site de vocês. Porém, hoje o blog "No TEmpo da Cuba-Libre", juntando as informações contidas no site de vocês e mais as que eu apurei é o que há de mais completo sobre o cantor canoense Paulo Henrique que, em lugar de muitos afirmarem que morou na Vila Niterói (hoje bairro) ele nasceu e se criou na Vila Mathias Velho, em Canoas, de onde saiu prá seguir para o Rio e São Paulo atrás de sua carreira.
Um forte abraço!

J Pedroso disse...

Ola Xico Junior. Amigo se verificares, o primeiro comentário aqui neste tópico, é de Armando Maynard, é referente ao videoclip que ele assistiu, aqui postado, com a musica Uma Lágrima, interpretada por Paulo Henrique, e verifique a data do comentário é 30 de janeiro de 2009, ou seja desde 2009 se confirma o que dizemos. Sempre houve este clip desta musica aqui neste tópico em nossa pagina. Verifique a data. O Amigo Armando foi um dos que primeiro assistiu este videoclip postado aqui, já em 2009.Abraço. Ha...a comadre da Mãe do Paulo Henrique,a quem me referi,de nome Tereza é viúva de meu tio, irmão de minha Mãe, minha Tia é comadre da Mãe do Paulo Henrique. As pessoas mais antigas da rua Epitácio Pessoa, proximidades do número 67, lembram-se de que a mãe do Paulo Henrique, morava ao lado de nossa casa, ele solteiro, volta e meia era visto naquele local, juntava muitas pessoas ali,tapava aquele trecho da rua de jovem moças fãs paras ver o cantor . Eu era um piá, e fui testemunha ocular destes fatos, junto de outras pessoas,inclusive minha irmã e muitas vezes a mãe do Paulo Henrique fazia companhia a nós la em casa no café naquelas tardes . Minha mãe ainda é viva,com 70 anos, minha irmã e minha tia, e alguns antigos moradores que presenciaram o que narro aqui, estão ai para contar esta parte da história desconhecida de muitos, e que vivemos ali no bairro Niterói,aqui em Canoas, aonde nasci. Só posso afirmar o que eu vi, e vivi,coprovadamente.Qualquer um tem a oportunidade de ouvir, e verificar que o video é com o cantor Paulo Henrique,interpretando Uma lágrima, é a vóz do cantor sim,eu nunca afirmei ser imagens do cantor,portanto é um video com o cantor interpretando sua musica,um videoclip.Que sempre esteve aqui desde 2009, é o cantor cantando em uma gravação de audio original.verifique. Radialista Jota Pedroso(Rádio educadora 1340 am, fundação Padre Landell de Moura,Rádio Real 540 am, TV Guaíba,TV Pampa, TV Urbana)

XICO JÚNIOR disse...

Olá, J Pedroso!

Como estou conclíndo um livro sobre conjuntos musicais e cantores, tenho procurado respeitar todas as versões de todas as fontes. Não quero apenas a minha verdade, até porque nçao cheguei a conhecer o cantor Paulo Henrique pessoalmente, mas era única informação que tinha até então. Agora, respeitando, digamos, o teu depoimento, vou relatar as duas versões, pois, prá mim como escritor, devo respeitar as informações de todas as fontes sem desmerecer qualquer depoimento ou declaração.

Tenho, por exemplo, a ifnormação de que o Conjunto Monte Carlos, ano 58, foi fundado pelo baterista José Carlos Dillemburg dos Santos (o Escovão, esse sim conheci pessoalmente e morava a 50 metros da minha casa). Agora surgiu uma nova versão, segundo a sra. Marina Melo, esposa do guitarrista João José de Melo, o primeiro gaúcho a ter uma guitarra havaiana, assegura que foi o marido dela quem fundoui o Conjunto Monte Carlo, ainda que o LP (vinil), de 1967, não conste o Melo como integrante do conjunto. Mas "en passant" farei o registro da declaração como respeito a toda e qualquer versão, de um certo fundamento, obviamente.

Te agradeço e, se me permitires, vou fazer constar do livro essa tua delcaração. Só te peço que, se possível, me dê os nomes completos das pessoas, assim como o teu, posto que sei que é apenas J Pedroso, ok?

Meus e-mails: la-stampa@ig.com.br e frapagot@ibest.com.br

Um forte abraço,

Xico Júnior

J Pedroso disse...

Pois é.Eu tive o privilégio de ter conhecido o cantor Paulo Henrique, sua mãe e alguns familiares do cantor.Quem lhe dice que ele éra natural de Canoas, e do bairro Matias velho?...

XICO JÚNIOR disse...

Caro, J. Pedroso!

Que bom que tiveste o privilégio de conhecer o Paulo Henrique. Mas ficaste me devendo, segundo minha solicitação, o nome das pessoas para que eu faço o devido registro no livro.

Fico no aguardo da tua gentileza.

Abraços!

J Pedroso disse...

Mas eu não lhe devo nada.

XICO JÚNIOR disse...

Caro, J Pedroso!

Não, não estou cobrando absolutamente nada, só queria mais informações para dar relatos fundamentados no livro. Caso não queiras respeito a tua posição. E aí ficamos assim, porém sempre nos respeitando que eu acho uma das coisas mais importantes entre seres humanos inteligentes e educados.

Abraços, Xico Júnior

J Pedroso disse...

Ok. Respeito é bom, sou também cidadão pelo direito, pelas coisas certas . Abraço . Jota Pedroso

Edson disse...

Fiquei muito feliz em encontrar algumas informações e o video sobre o Paulo Henrique, que conheci qdo fazia sucesso na jovem guarda e morava no bairro da Freguesia do Ó em São Paulo . Por algumas vezes procurei tais informações , que são raridades, parabens pelo trabalho que considero uma justa homenagem . abraços de sampa.

carros disse...

Leonice

Finalmente encontrei algo sobre o Paulo Henrique!;até hoje eu ainda não sabia o fim que o Paulo Henrique teve!
eu curti muito ele na jovem guarda!
além dele ter uma vóz maravilhosa,ele era muito bonito e inteligente e me parecia muito triste qdo cantava,pena que durou pouco!
As pessoas boas vão embóra cedo!
Que pena!..até hoje sempre me pégo cantando ...uma lágrima!
Que saudades!
Pra mim ele foi aos braços do pai hoje!...que Deus o tenha em bom lugar!
******Saudades se vc meu querido!****jamais o esqueci******